domingo, 24 de março de 2013

Flamingo da Casa da Pucariça

     Esta amiga esteve reservada das restantes galinhas porque a encontrámos num estado muito debilitado (fome e sede). Como se magoou numa pata (não sabemos como) não conseguia chegar a tempo à comida e foi ficando fraca.

     Durante uns tempos ficou na casinha da palha onde íamos todos os dias dar-lhe água, trigo, milho partido e couves. Quando ganhou mais energia pusemo-la novamente junto das restantes mas numa "moradia uni-familiar" já que quando há um animal mais fraco, os restantes encarregam-se de o expulsar.

     Num dos dias em que a soltámos para conviver com as restantes galinhas, atrasámo-nos a ir fechá-la e quando demos conta já estava alojada na moradia multi-familiar! Resolvemos deixá-la uns tempos à experiência e lá ficou até hoje.

     Passa algum tempo deitada a descansar a pata que a mantém em pé, mas depressa arranjou uma estratégia que a ajuda a deslocar-se melhor de um lado para o outro, a comer verduras e até a defender-se! Está visivelmente maior e com as penas mais bonitas. Na Casa da Pucariça tratamos de todos com carinho e o nosso flamingo não foi excepção. 

     "A deficiência não existe, só existe na cabeça das pessoas. Se não consegues fazer as coisas como costumavas fazê-las, faz de outra maneira, mas nunca deixes de as fazer." - Na Natureza isso vê-se de uma forma muito natural!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...